Selecionando o Filhote



Antes de escolher o filhote anatomicamente, deve-se escolher o pedigree, ele é à base de tudo. Um bom pedigree geralmente te leva a um bom filhote. É difícil, mas quem tem um "bom olho" acaba selecionando por intuição um bom filhote.
De acordo com a raça, deve-se levar em conta alguns detalhes relativos a formato de olhos, inserção e porte de orelhas, os pés, etc... O mais importante quando se seleciona um filhote é saber se a ninhada é homogênea, se os pais são de qualidade e tipicidade, enfim, tudo que se puder levar em conta.
Passada a fase da escolha certa da raça, de ter avaliado o padrão oficial e descobrir que a ninhada está nos moldes descritos, tenho um segredinho: olhe os pés, se eles tem bom formato, o cachorro em cima deve ser balanceado e estar com a anatomia certa. Os cachorros que desviam aprumos apresentam pés abertos, jarretes se aproximando, geralmente tem problemas anatômicos indesejáveis. E isso vale para qualquer raça.