Acasalando sua Matriz



Algumas cadelas jovens, principalmente na primeira cobertura, fazem um pouco de resistência. Nesse caso uma ajuda nossa pode propiciar o acasalamento. Outras cadelas são muito humanizadas, vivem muito com seus donos e muitas vezes nem sabe o que é um cachorro. Vivem deitadas em poltronas e tapetes. Ficam meio "histéricas" quando vão acasalar. Também nesse caso é aconselhável uma intervenção humana. Antes disso, procure deixá-la um pouco com o macho, afaste-se e deixe que eles se entendam por um período.
A inseminação artificial precisa ser realizada por pessoas e bancos de sêmen especializados. Aqui no Brasil as coisas estão meio antigas. Em caso de Esperma congelado, a possibilidade de fecundação é em torno de 35%. No caso de inseminação direta, sem congelamento, os resultados são mais favoráveis, em torno de 70%, mas precisa ser realizado por profissionais especializados.
Sempre que ceder seu macho para cobertura, exija o exame de brucelose da cadela. Isso evita alguns processos de contaminação. Com relação à primeira monta, cuide apenas para que ele não se desgaste muito antes da cópula. Geralmente os machos inexperientes perdem muito tempo para conseguir cobrir, muitas vezes dão o nó fora da vulva, mas a natureza é sábia. Se deixarmos que ele resolva, as coisas acontecem mais facilmente.
Antes de acasalar uma matriz, procure vermifugá-la e vaciná-la. Após 1 mês de coberta, se confirmada a gravidez, procure dividir a porção alimentar em 2 vezes e acrescente polivitaminicos e cálcio.
Nascido os filhotes, procure dar um antiácido à mãe nos 3 primeiros dias. Ela come muitas placentas e gera acidez. Procure alimentar a mãe quatro vezes ao dia com a ração balanceada e carne. Quando fizer 15 dias os filhotes estarão abrindo os olhos. Procure vermifugá-los.
A partir de 20 dias, inicie a alimentação dos filhotes com uma ração especial para essa idade. Acrescente carne e ricota, eles adoram. A partir de 30 dias, alimente-os com rações balanceadas de filhote. Procure vermifugá-los mensalmente e dar antiprotozoários também.
O segredo de uma ninhada forte, saudável, livre de viroses é a alimentação regular e a limpeza do intestino dos parasitas. As vacinas devem ser dadas a partir dos 45 dias. Procure um veterinário sério para lhe dar instruções sobre dosagens de medicamentos, aplicação de vacinas, etc.
A boa matriz cuida da ninhada sozinha até os 15 dias de vida.
O que é necessário para que os filhotes cresçam fortes e saudáveis é fazer um bom pré-natal e alimentar bem a mãe, pelo menos 4 vezes ao dia com comida de qualidade para que tenha bastante leite para alimentá-los.